Algumas Dúvidas Frequentes

A tradução juramentada tem um formato próprio. Ela começa com um parágrafo contendo a identificação do tradutor juramentado, podendo também conter a identificação do documento a ser traduzido, seguindo então a tradução propriamente dita.

Uma particularidade da tradução juramentada é que ela deve descrever fielmente o documento original, inclusive carimbos, selos, brasões, escudos, assinaturas e outras marcas não textuais do documento. Partes do documento podem ser omitidas a pedido do solicitante; contudo, o tradutor deverá declarar que a tradução é parcial.

A tradução juramentada encerra com um parágrafo que declara que nada mais consta do documento e que a tradução ou versão é fiel ao original. Todas as páginas da tradução devem conter o número da tradução, o número de livro de traduções, o número das páginas da tradução e o carimbo com o nome, idiomas de habilitação e o número de registro do tradutor juramentado.

A tradução juramentada é feita em laudas juramentadas, que correspondem as página traduzidas. Uma lauda tem 25 linhas de 50 toques, o que equivale a cerca de 1000 (mil) caracteres, sem contar os espaços em branco, ou cerca de 180 palavras.

Menu

WhatsApp

Sair da versão mobile